EM SEIS ANOS, SERGIPE TEVE 16.284 REGISTROS DE ACIDENTES DE TRABALHO

No Brasil um acidente de trabalho acontece a cada 48 segundos e um trabalhador morre a cada três horas.

Os dados retirados do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho correspondem ao período de 2012 a 2018. A maioria dos acidentes ocorreu no município de Aracaju, 8.433 registros. Corte, laceração, fratura, escoriação, contusão e esmagamento são algumas das ocorrências. Foram reportadas, ainda, 121 mortes. Em Sergipe, 1 morte em acidente de trabalho é estimada a cada 21 dias. No país foram 4,6 milhões de acidentes registrados de 2012 até hoje, sendo quase 800 mil somente no ano passado. As atividades econômicas mais frequentemente envolvidas são: atendimento hospitalar, construção de edifícios e coleta de resíduos não-perigosos.

Continue Lendo

Imprimir

PROCURADORES DO TRABALHO PARTICIPAM DE MESA REDONDA SOBRE TRABALHO ESCRAVO

Foi realizada na noite desta segunda-feira, dia 25, na Universidade Federal de Sergipe, a Mesa Redonda Trabalho Escravo Contemporâneo. O objetivo do evento foi apresentar os conceitos sobre o trabalho escravo contemporâneo, analisar as especificidades que dificultam o combate, bem como a influência do avanço neoliberal como fator determinante para surgimento desse problema na atualidade. Cerca de 140 estudantes da UFS e de universidades privadas participaram do evento promovido pelo Centro Acadêmico Silvio Romero da UFS.

Continue Lendo

Imprimir

EMPRESA DE VIGILÂNCIA É OBRIGADA A CONTRATAR APRENDIZES

Cerca de 42 jovens terão oportunidade de ingressar no mercado de trabalho após Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE). A instituição obteve sentença favorável na ação contra a empresa Sacel (Serviço de Vigilância e Transporte de Valores) para contratação de aprendizes. A empresa foi condenada a pagar indenização de R$ 50 mil por descumprir a legislação e tem 15 dias para contratar os aprendizes.

Continue Lendo

Imprimir

ESTADO DE SERGIPE E DETRAN DEVEM GARANTIR BOAS CONDIÇÕES SANITÁRIAS PARA FUNCIONÁRIOS DO CEAC

Ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE) garante aos funcionários do Centro de Atendimento ao Cidadão (Ceac), localizado dentro do Terminal José Rollemberg Leite (Rodoviária Nova), ambiente de trabalho limpo e que atende normas sanitárias. O Terminal pertence ao Estado e através da Secretaria de Planejamento (Seplag), firmou convênio com o Detran para o funcionamento do Centro de Atendimento ao Cidadão.

Continue Lendo

Imprimir