FPI/SE: TRABALHADORES DA COLETA DE LIXO E DE CERÂMICAS SÃO FLAGRADOS EM SITUAÇÃO IRREGULAR NO INTERIOR DO ESTADO

O Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE) percorre, desde segunda-feira, os municípios de Graccho Cardoso, Muribeca, Aquidabã e Nossa Senhora das Dores na Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco em Sergipe (FPI/SE) e flagrou trabalhadores da coleta de lixo e das cerâmicas em situação irregular.

Continue Lendo

Imprimir

TRABALHADORES DA COLETA DE LIXO EM CAPELA E CEDRO DE SÃO JOÃO SÃO TRANSPORTADOS DE FORMA IRREGULAR

Também foi constatada a precariedade no fornecimento de EPI.

Trabalhadores sendo transportados nos estribos do caminhão compactador, e com Equipamentos de Proteção Individual (EPI) incompletos, além da ausência de água potável foi a situação encontrada nesta terça-feira, 08, pelo Ministério Publico do Trabalho em Sergipe, um dos integrantes da Equipe de Saneamento, na Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco em Sergipe (FPI/SE).

Continue Lendo

Imprimir

FPI/SE: LIXO HOSPITALAR É ENCONTRADO JUNTO COM LIXO DA COLETA REGULAR EM CAPELA

Durante a 4ª Etapa da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco em Sergipe (FPI/SE), iniciada nesta segunda-feira, dia 7, a Equipe de Saneamento, composta pelo Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE), Adema, Crea, Secretaria de Estado da Saúde, Secretaria de Saúde de Aracaju, Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos Polícia Militar e Funasa flagrou no lixão do município de Capela o descarte de lixo hospitalar juntamente com o lixo de coleta regular.

Continue Lendo

Imprimir

FPI/SE: 4ª ETAPA DA FISCALIZAÇÃO COMEÇA NESTA SEGUNDA-FEIRA

Nesta segunda-feira, 7 de maio, começa a 4ª Etapa da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco em Sergipe (FPI/SE). Durante a FPI/SE, mais de 200 profissionais de 27 instituições vão percorrer oito municípios para promover ações em defesa do Rio São Francisco. A coordenação é realizada pelos Ministérios Públicos Estadual e Federal com apoio do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF).

Continue Lendo

Imprimir

NUTRIAL É CONDENADA POR JORNADA DE TRABALHO EXCESSIVA

O Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE) obteve na Justiça do Trabalho (Vara do Trabalho de Propriá), após ação civil pública, a condenação da empresa Nutrial Agroindustriais Reunidas S/A por excesso de jornada de trabalho e supressão do intervalo interjornada.

Continue Lendo

Imprimir