CONDIÇÕES DE TRABALHO NA CITRICULTURA É ALVO DE PESQUISA EM SE

Trabalhadores e produtores de laranja do município de Lagarto receberam nesta semana representantes do Ministério Público do Trabalho, da Fundacentro, da UFS, do Instituto Federal de Sergipe, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Lagarto e da Fetase. Foram três dias de visitas às propriedades rurais com aplicação de questionários e um dia de atendimento clínico e odontológico. A ação faz parte da primeira etapa do Estudo das Condições em Ambientes de Trabalho na Citricultura no Estado de Sergipe. Um projeto idealizado em 2010 pelo MPT-SE.

Imprimir

ITABAIANA RECEBE CARAVANA DE COMBATE AO TRABALHO INFANTIL

Ao som do refrão da música "criança não trabalha", de Paulo Tatit e Arnaldo Antunes, representantes do Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE) e do Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Fepeti-SE) fizeram na manhã desta quarta-feira, 19, uma caminhada pelas ruas do município de Itabaiana para conscientizar a população acerca dos malefícios, para as crianças e para a sociedade, da exploração do trabalho infantil.

Imprimir

TRABALHO INFANTIL É TEMA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE GLÓRIA

A audiência pública na Câmara de Vereadores de Nossa Senhora da Glória, localizada a 112 km da capital sergipana, foi aberta nesta segunda-feira, 17, com uma apresentação de ballet interpretada pelas crianças beneficiadas pelo Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti). Somente no município de Glória, 170 crianças participam do programa. Além da dança, as crianças também têm aulas de capoeira, pintura, reciclagem, karatê, dentre outras.

Imprimir

MUNICÍPIO DE GLÓRIA SEDIARÁ AUDIÊNCIA E ATO PÚBLICO CONTRA O TRABALHO INFANTIL

Na próxima segunda-feira, 17, dando prosseguimento à programação do mês de combate ao trabalho infantil, será realizada audiência e ato público no município de Nossa Senhora da Glória, às 8h. O objetivo é conscientizar o poder público e a população local sobre a importância da luta contra a exploração do trabalho de crianças e adolescentes, visto que a prática não se encontra apenas em Aracaju, onde já ocorreram atos públicos, mas também no interior do Estado. Representantes do Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE) e do Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil no Estado de Sergipe (FEPETI/SE), além de outras instituições, estarão presente.

Imprimir